Acompanha as acções da CDU na Freguesia de Fanhões

Mais Recente

Estamos de volta

saudao-19684170Caros seguidores deste blog e povo de Fanhões, estamos de volta. Neste que queremos que seja o ano da mudança estaremos por aqui a apresentar propostas e expor vários temas de interesse para a nossa freguesia. Não sendo um sitio oficial de qualquer candidatura, este blog tem procurado divulgar os temas debatidos e discutidos na Assembleia de Freguesia e em outros locais pelos eleitos da CDU. É essa a missão que prendemos que continue no futuro.

Estamos a poucos meses das eleições autárquicas, ainda não surgiram candidatos, mas o trabalho dos eleitos da CDU não tem parado nestes ultimos 4 anos. Embora o trabalho que tem sido feito nas Assembleias de Freguesia tenha chegado a pouca gente, ou mesmo apenas áqueles mais atentos, a verdade é que muito tem sido feito para lutar pelos interesses da nossa freguesia ao longo de todo o mandato desta presidencia e dos sucessivos executivos PS. Estávamos lá para lutar contra a extinção da freguesia, estávamos lá para denunciar o completo menosprezo do executivo por algumas instituições da nossa terra, estávamos lá para lutar pela permanencia do Núcleo Escolar de Fanhões, estávamos lá para garantir a equidade de tratamento de todos os fregueses, estávamos lá para defender a unicidade de toda a freguesia em vez de “dividir para reinar”, estávamos lá para defender o património e, no caso dos lavadores de Ribas, ao lado da população, estávamos lá para exigir uma politica de proximidade junto dos mais pobres e estávamos lá para reclamar mais transparência na administração da junta.

Caros amigos, depois de 12 anos desta presidencia autocrática, marcada por demissões, desrespeito pelas instituições e conflito com as forças da sociedade civil é a hora da mudança. Não podemos deixar passar a oportunidade de dar a volta a este contexto e revitalizar a nossa freguesia, torná-la um espaço de todos e para todos.

Juntos seremos mais fortes

Anúncios

VAMOS LUTAR PELA FREGUESIA DE FANHÕES

LRS-fanhoes

Freguesia de Fanhões, mais de 300 anos de existência, cheia de história e de histórias, um livro aberto onde está inscrito nas suas pedras e nas suas gentes os principais acontecimentos que marcaram o próprio pais nos últimos três séculos. Freguesia construída pelo povo, que desde o seu inicio criou uma rede de contactos, de experiencias e vivencias comuns, soube criar uma identidade própria, deu ao mundo reconhecidos calceteiros, as afamadas lavadeiras, as hortas com produtos que faziam as delicias dos lisboetas, construíram as linhas de defesa contra as invasões francesas, celebraram e lutaram pela República e pela liberdade (25 de Abril). Esta é uma terra de honrados e reconhecidos trabalhadores e artistas, como Gageiro, Procópio ou Zé da Clara. Estes são os símbolos que fizeram da Freguesia de Fanhões uma referência no desenvolvimento social das suas populações. Infelizmente, este património está prestes a ser trucidado por uma Troika destruidora e por um governo que elabora um denominado “Livro Verde para a reforma da Administração Local”, criado dentro de gabinetes, onde os números são o único fundamento e sem ter em conta as realidades no terreno, as ligações sociais, o futuro. As freguesias são o elo do poder administrativo e democrático mais próximos das populações, aqueles que procuram resolver os problemas mais prementes dos seus concidadãos.FimJunta

Como tal, não faz sentido extinguir a Freguesia de Fanhões, ela foi o motor do desenvolvimento pós 25 de Abril, defendeu as suas gentes e construiu muitas das infraestruturas necessárias ao bem-estar da população. Era dever do atual presidente da Junta (PS) defender este órgão de poder local até á exaustão… mas não o fez. A última Assembleia Municipal, dedicada á discussão da extinção/fusão de freguesias, ficou marcada por uma total ausência de intervenção na defesa da Freguesia de Fanhões pelo seu presidente. É totalmente condenável esta postura e desrespeita todos os homens e mulheres que trabalharam arduamente na sua construção e por todos os eleitores que esperam do seu presidente a defesa dos interesses da Freguesia acima de tudo o resto.16052009-IMG_3118

A CDU anteviu este cenário e pediu que o Executivo da Junta de Freguesia tomasse uma posição ainda antes da Assembleia Municipal. Tal foi recusado e o desfecho foi o atrás descrito. Outras freguesias congéneres, como Sto. Antão do Tojal ou Lousa, manifestaram a sua oposição ao cenário de extinção/fusão das suas freguesias através dos seu respectivos presidentes. Face á inércia deste executivo é altura de mostrar-mos a nossa indignação, no dia 30 de Janeiro (2ª Feira) ás 21h na Assembleia de Freguesia de Fanhões. Temos de estar todos juntos nesta luta, a presença de todos é fundamental. Temos de lutar pelo nosso futuro, pela memória daqueles que construíram este património, por uma democracia representativa, por uma democracia de proximidade, pelo povo da Freguesia de Fanhões.

Group of people

Visita á Escola de Casainhos

IMG0013AOs eleitos da CDU na Assembleia de Freguesia de Fanhões juntamente com o vereador e eleito á Assembleia Municipal pela CDU, Paulo Piteira, efetuaram uma visita á escola de Casainhos recentemente no sentido de observar de perto as péssimas condições deste estabelecimento de ensino, assim como recolher junto dos professores e da diretora do núcleo de escolas de Loures informações e as queixas da forma como esta questão tem sido tratada ao longo dos anos. O que foi observado in loco só veio confirmar as nossas suspeitas a respeito das condições a que as 36 crianças destas escola estão sujeitas no período lectivo. As salas de aula apresentam um muito deficiente isolamento do frio e da humidade, as janelas estão cheias de fendas e autênticos buracos reduzindo o efeito do aquecimento a zero, os telheiros são exíguos, no Inverno o recreio é no interior da sala de aula, o recinto exterior da escola é bastante propicio a acidentes e não apresentam as mínimas condições para a atividadeIMG0011A física. Este problema já tinha sido apresentado na Assembleia de Freguesia ao executivo da junta que remeteu a solução do problema para a Câmara Municipal. Existe um projeto para a construção de uma nova escola, mas em anos sucessivos o dinheiro destinado á sua construção tem sido retirado do orçamento, situação que voltou a acontecer recentemente, para enorme desagrado dos responsáveis daquela escola. É desta forma que se demonstram as prioridades deste executivo camarário, relegando a educação Imagens Temporárias 240constantemente para trás de tudo o resto. A CDU sempre teve uma particular atenção no que diz respeito ao funcionamento das instalações de ensino e sempre se mostrou receptiva e ativa na resolução dos seus problemas, agindo sempre em conjunto com os responsáveis das escolas, por isso, é com bastante apreensão que vemos este assunto a ser “empurrado com a barriga” pelos responsáveis concelhios. Estamos numa situação em que o executivo não efetua quaisquer obras de beneficiação da escola por entender que não são necessárias face á existência de um projeto de umaImagens Temporárias 246 nova escola, e um executivo municipal que desde há anos a esta parte vai adiando sucessivamente a execução desse projeto. Pelo caminho, e até quando não sabemos, os alunos e os docentes trabalham em condições que não permitem tirar o máximo quer de uns quer de outros, num panorama digno de terceiro mundo. A CDU Fanhões já intercedeu na Assembleia de Freguesia acerca desta situação e o vereador Imagens Temporárias 244Paulo Piteira irá questionar e chamar a atenção do executivo camarário no sentido de ver esta situação resolvida o mais depressa possível. Não é pintando os muros no próprio dia da nossa visita aquelas instalações que o problema irá ficar resolvido.

Escola EB1 de Casaínhos sem condições de segurança

in Correio da Manhã (19/07/2011)

2011-07-18154759_CA967162-B341-4FEB-88DD-FECB0766BF67$$738d42d9-134c-4fbe-a85a-da00e83fdc20$$f5875542-8279-465e-9f7e-f4d59e1a4ba3$$img_carrouselTopHomepage$$pt$$1Terminou mais um ano lectivo e ainda não foi desta que se fez obra na EB1 de Casaínhos, na freguesia de Fanhões (Concelho de Loures).

As cerca de 40 crianças que frequentam esta escola merecem um espaço em condições. É necessário fazer obras no recreio, pinturas gerais e arranjar o muro, que fica junto é estrada e apresenta algumas rachas. Vamos ter de esperar pelas eleições autárquicas de 2013 para ver obra?

–> A RESPOSTA:

A Escola precisa de uma intervenção de fundo, cujas obras devem rondar os 500 mil euros, valor que a autarquia não condições de disponibilizar durante este ano. Essa intervenção global só vai ser possível em 2012. Entretanto vão ser feitas pequenas obras. – Câmara Municipal de Loures

in Horizonte FM online (22/07/2011)

A Directora do agrupamento Maria Eugénia Coelho anseia por uma blogue 2solução rápida.

A Escola EB1 de Casaínhos, na Freguesia de Fanhões, anseia por uma solução rápida.

No entanto, a Câmara Municipal de Loures só deve avançar com a obra, na ordem dos 500 mil euros no próximo ano.

Em entrevista á Horizonte FM, um encarregado de educação, José Alberto, lançou duras críticas ao presidente da autarquia, Carlos Teixeira, e identificou os principais problemas do estabelecimento de ensino.

Já a diretora do agrupamento de escolas nº1 de Loures, Maria Eugénia Coelho, anseia por uma solução rápida, entendendo contudo que a EB1 de Casaínhos é segura.

A Horizonte FM tentou contactar com o executivo da Câmara, mas não obteve resposta.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Como anteriormente ficou demonstrado, a informação da precária situação da EB de Casaínhos já circula nos media locais e nacionais e só vem a constatar um facto, a falta school1de investimento no bem público por parte do Município de Loures e a inércia de um executivo PS da Junta de Freguesia de Fanhões, que pouco faz para contrariar esta situação. Com o fecho da Escola de Ribas de Baixo exigia-se, desta forma, uma atenção redobrada face ás condições para o ensino das restantes escolas ativas, onde o caso de Casaínhos era o mais sensível. O investimento no ensino e nas condições para o seu eficaz funcionamento deve ser sempre uma prioridade e uma aposta ganha. Bons Estabelecimentos de Ensino são um grande passo para a melhoria da qualidade lectiva, são um dos motores de desenvolvimento das localidades onde se inserem, atraem novos residentes e, se corretamente administrados, permitem uma interação com as comunidades locais que a todos trás benefícios. A melhoria das condições de ensino sempre foi um dos pontos centrais na política da CDU e uma das suas bandeiras. Após a extinção do Núcleo Escolar de Fanhões perdeu-se um projeto de referência a nível europeu, com distinções das mais altas instituições europeias para a área do ensino e integração social, sem a mínima oposição do executivo PS da Junta de Freguesia deeducation Fanhões, mesmo com a forte contestação dos pais dos alunos. Mais recentemente o fecho de escolas pelo executivo de Sócrates resultou no encerramento da escola de Ribas de Baixo, contribuindo ainda mais para o isolamento daquela localidade. Esperemos que a EB de Casaínhos não tenha o mesmo fim, e que, acima de tudo, não se transforme em arma eleitoral, arrastando esta situação até ás próximas eleições, como tem sido tradição do executivo PS, cujo caso mais emblemático é a casa mortuária de Ribas de Baixo. A CDU estará muito atenta ao evoluir deste processo e lutará para que o povo de Casaínhos tenha uma escola digna para as suas crianças.

A CDU na nossa Freguesia